UFU receberá R$ 10 milhões do MEC; R$ 7 milhões são para o HC

O Ministério de Educação (MEC) anunciou uma liberação de recursos extras na ordem de R$ 10 milhões à UFU. Deste montante, R$ 7 milhões são para o custeio do Hospital de Clínicas e outros R$ 3 milhões para pequenas obras estruturais em quatro dos sete campi da instituição. O termo de liberação da verba foi assinado pelo ministro de Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), que esteve em Uberlândia para o ato realizado no bairro Martins, Centro da cidade.

Segundo o ministro, o recurso é uma demanda que está sendo atendida de forma prioritária no intuito de que o hospital universitário cumpra com as obrigações administrativas e de atendimento até o fim deste ano. “Estamos (governo Michel Temer-PMDB) atuando de forma complementar, uma vez que a outra fonte de financiamento da UFU é o Ministério da Saúde. É importante dizer que regularizamos os repasses de recursos para todas as universidades e institutos federais ligados ao MEC”, afirmou Mendonça Filho.

O ministro também disse que esta ajuda não prevista só foi possível pelo desbloqueio de R$ 4 bilhões do orçamento da pasta, em junho. O recurso havia sido contingenciado pelo governo anterior (da ex-presidente Dilma Rousseff-PT) no início deste ano.

Presente no evento, o diretor geral do HC-UFU, Hélio Lopes da Silveira, afirmou à imprensa que o montante, que deve ser liberado nos próximos dias devido à burocracia, será usado, sobretudo, para pagar fornecedores e garantir insumos ao HC. “Conseguiremos operar na normalidade, com realização de cirurgias, com 400 dos mais de 500 leitos abertos na unidade”, disse.

Reitor

O reitor da UFU, Elmiro Santos Resende, também esteve presente no anúncio de liberação de verba do MEC e apontou quais campi da instituição vão utilizar os R$ 3 milhões dos R$ 10 milhões em recursos destinados para melhorias estruturais.

Segundo ele, em Uberlândia, bibliotecas dos campi Santa Mônica e Umuarama, ambos na zona leste, vão receber melhoras na acessibilidade. A iluminação do entorno do Hospital Veterinário da instituição também receberá reforço. No campus de Monte Carmelo, por sua vez, haverá investimento na estrutura viária e de iluminação. A mesma aplicação deverá ocorrer no campus Ituiutaba.

O deputado federal e prefeito eleito de Uberlândia, Odelmo Leão (PP), também participou do encontro e anunciou que, junto ao reitor da UFU, deve ir a Brasília (DF) nas próximas semanas. O objetivo será articular a retomada da conclusão da ampliação do Pronto Socorro do HC, cujas obras, hoje, estão paralisadas.

Recursos liberados

Total liberado pelo Ministério de Educação: R$ 10 milhões

R$ 7 milhões para custeio do Hospital de Clínicas

R$ 3 milhões para pequenas obras estruturais em quatro dos sete campi da instituição

 

Fonte: Jornal Correio

Início